CADERNOS ESCOLARES BRASILEIROS E FRANCESES: seus metadados para a história da educação matemática

Claudia Regina Boen Frizzarini, David Antonio da Costa

Resumo


Este texto apresenta como vem sendo desenvolvido o tratamento de cadernos escolares pelo GHEMAT - Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática para o desenvolvimento de seus projetos temáticos no Brasil e na França. Apoiado nos trabalhos de Viñao (2008) e Mignot (2008), é possível identificar diferenças com relação aos metadados e a forma de divulgação dos materiais coletados e digitalizados no Repositório de Conteúdo Digital (RCD) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e no fundo educacional de Limoges em que as questões culturais delimitam em grande parte o que é disponibilizado ao público.


Texto completo:

PDF

Referências


Clobridge, A. (2010). Building a Digital Repository Program with ilimited resources. Oxford: Chandos Publishing.

Costa, D. A; Arruda, J. P. (2012). Repositório institucional de fontes para a história da educação matemática na Universidade Federal de Santa Catarina. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISAS EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: ENAPHEM, 1., 2012, Vitória da Conquista. Anais…Vitória da Conquista: UESB.

Costa, D. A. (2015a). Repositório. v. 3. In: Valente, W. R. (Org.). Cadernos de Trabalho. São Paulo: Editora Livraria da Física.

Costa, D. A. (2015b). O Repositório de Conteúdo Digital: um exemplo didático a partir dos impressos pedagógicos. In: SEMINÁRIO TEMÁTICO A CONSTITUIÇÃO DOS SABERES ELEMENTARES MATEMÁTICOS, 12, 2015, Curitiba. Anais... Curitiba: PUC/PR, p. 436-444.

Gvirtz, S.; Larrondo, M. (2008). Os cadernos de classe como fonte primária de pesquisa: alcances e limites teóricos e metodológicos par sua abordagem. In: MIGNOT, A. C. V. (org.) Cadernos à vista – Escola, memória e cultura escrita. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, p. 35-48.

Frago, A. V. (2008). Os cadernos escolares como fonte histórica: aspectos metodológicos e historiográficos. In: Mignot, A. C. V. (org.). Cadernos à vista – Escola, memória e cultura escrita. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, p. 15-33.

Mignot, A. C. V. (org.). (2008). Cadernos à vista – Escola, memória e cultura escrita. Rio de Janeiro: Editora da UERJ.

Pinheiro, N. V. L. (2013). Como concretizar a abstrata Matemática Moderna? O Arquivo Pessoal Lucília Bechara Sanchez, a Secretaria da Educação de São Paulo e a formação continuada de professores nos anos 1970. In: 6 Encontro Luso Brasileiro de História da Matemática, 2014, São João Del Rei. Anais... Natal: Sociedade Brasileira de História da Matemática, 2013. v. online. p. 783-809.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista de História da Educação Matemática

Indexadores, Base de Dados e Repositórios:

HISTEMAT - Revista de História da Educação Matemática, e-ISSN: 2447-6447
Sociedade Brasileira de História da Matemática

Licença Creative Commons
HISTEMAT esta licenciada com a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.