UMA ENCENAÇÃO TERAPÊUTICA DA TERAPIA WITTGENSTEINIANA NA CONDUÇÃO DE PESQUISAS HISTORIOGRÁFICAS

Antonio Miguel

Resumo


O foco deste artigo incide sobre o problema metodológico relativo à produção de investigações historiográficas no âmbito acadêmico. Mais especificamente, é nosso propósito caracterizar o que temos denominado uma atitude terapêutico-gramatical desconstrucionista na condução de pesquisas acadêmicas em (historiografia) da educação (matemática), com base na investigação da questão acerca de com o que poderia se assemelhar uma historiografia da educação matemática – ou simplesmente, uma historiografia - que fosse inspirada no pensamento do filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein, sobretudo, no seu próprio modo de praticar a filosofia terapeuticamente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de História da Educação Matemática

Indexadores, Base de Dados e Repositórios:

HISTEMAT - Revista de História da Educação Matemática, e-ISSN: 2447-6447
Sociedade Brasileira de História da Matemática

Licença Creative Commons
HISTEMAT esta licenciada com a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.