UMA TRAJETÓRIA HISTÓRICA DE SABERES GEOMÉTRICOS NO ENSINO PRIMÁRIO BRASILEIRO (1827-1971)

Maria Celia Leme da Silva

Resumo


O texto sintetiza resultados de investigações históricas que vêm sendo desenvolvidos pelo GHEMAT – Grupo de Pesquisas em História da Educação Matemática no Brasil. Apresenta uma narrativa sobre a trajetória de saberes geométricos presentes no ensino primário brasileiro delimitada pela primeira legislação sobre a instrução no Brasil de 1827 e a lei 5.962/71 que unifica os ensinos primário e secundário. As normatizações que regem o ensino primário, revistas pedagógicas, livros e manuais didáticos constituem as fontes de pesquisa cotejadas com os ideários de movimentos pedagógicos de âmbito internacional: escola tradicional, pedagogia moderna, pedagogia da escola nova e movimento da matemática moderna. Permanências e rupturas são identificadas e analisadas de modo a compreender o processo criativo da escola na constituição e transformação de saberes geométricos ao longo de aproximadamente cento e cinquenta anos. Conhecer e compreender a trajetória do processo de ensino de saberes geométricos nos anos iniciais, possibilita novas indagações e reflexões frente as recentes publicações sobre o ensino atual.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de História da Educação Matemática

Indexadores, Base de Dados e Repositórios:

HISTEMAT - Revista de História da Educação Matemática, e-ISSN: 2447-6447
Sociedade Brasileira de História da Matemática

Licença Creative Commons
HISTEMAT esta licenciada com a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.