HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA: no livro de memórias de uma professora paulista

Maria Laura Magalhães Gomes

Resumo


Neste artigo, focaliza-se a história da formação de professores que ensinam matemática por meio do livro de memórias da professora paulista Felicidade Arroyo Nucci, que atuou no estado de São Paulo como docente e diretora de 1933 a 1964. Entende-se a formação de professores como um processo contínuo que ultrapassa a educação acadêmica em sentido estrito, e que abrange a vida pessoal, a habilitação inicial e o trajeto profissional dos docentes. Destacam-se a autora e seu livro, com o uso de algumas passagens referentes ao ensino de matemática e a outros aspectos da vida profissional da professora. A partir desses trechos, aborda-se a história da formação de professores que ensinam matemática como uma história no feminino, entre a Igreja Católica e o Estado, e também como uma história de práticas escolares percebidas como práticas culturais.  As reflexões finais são compostas de considerações teórico-metodológicas sobre o uso da escrita memorialística em investigações em História da Educação Matemática.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de História da Educação Matemática

Indexadores, Base de Dados e Repositórios:

HISTEMAT - Revista de História da Educação Matemática, e-ISSN: 2447-6447
Sociedade Brasileira de História da Matemática

Licença Creative Commons
HISTEMAT esta licenciada com a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.